Das coisas que me fazem andar para trás no tempo...

As memórias são feitas de cheiros, de sabores e de momentos! E é das coisas melhores que podemos ter!

Há muitos anos atrás, tanto quanto eu me consigo lembrar, pelo menos 25 anos ( é melhor nem pensar que isso perfaz um quarto de século...) não havia MacDonald's... mas nós, jovens já comíamos hamburgueres! Era a nossa 'comida de plástico', bem melhor do que a que comemos agora. E eu adorava uns particularmente bons de um pequeno restaurante que havia num pequenino, mas fantástico Shopping no Parque Itália - Shoping Center Itália, aqui no Porto. 

Sempre que juntavamos uns trocos (sim, que esta moda das mesadas não era assim, queríamos dinheirito... juntávamos das prendas no Natal ou nos anos, ou fazíamos babyssiting aos filhos dos amigos dos nossos pais para termos 'fundo de maneio') marcávamos logo uma 'jantarada' de hamburgueres no FROG, Ana lembras-te???? 

A aventura começava logo nos preparativos: escolher o dia, comprar a senha para o autocarro (yeap, também não havia cá Andantes, eram senhas avulso ou passe dos STCP) e depois sentarmos-nos naquelas mesas pequenas e escolher um hamburguer. Se há coisas que eu adorava era aquilo! Top dos Top's era depois descer a Avenida da Boavista a pé, até ao Indústria ou até ao Foco para passar um serão (sim, serão, que não eram noitadas até de madrugada). Boas jantaradas se foram seguindo, no mesmo sítio de sempre, mas já enquanto tirava o meu curso, primeiro com doutores e depois com caloiros, com outros grupos de amigos e com aquele que é agora a outra parte de mim.

Hoje, nesta casa, recriei um dos hamburgueres de que mais gostei no Frog. O cheirinho enquanto os preparava quase me transportou para aquele cantinho, na cave do Shopping, cheio de gente bem disposta e comida sempre a passar...






HAMBURGUERES Á FROG

1 kg de carne picada
1 ovo
2 colheres de sopa de polpa de tomate
alho picado qb
cebola picada qb
salsa picada qb
sal
pimenta
pão ralado qb

Misturar todos os ingredientes com as mãos e moldar bolas de carne. Deixar descansar no frio por cerca de 1h.
Achatar as bolas e grelhar num grelhador anti-aderente. No final colocar uma fatia de queijo sobre a carne e deixar derreter.

Cortar uma cebola grande em meias luas e levar ao lume com um bom fio de azeite, temperar de sal e pimenta e um pouco de molho inglês. Deixar cozinhar em lume médio até que fiquem tenras. Reserve.

Lavar folhas de alface e tomate coração de boi, cortar este em rodelas generosas.

Fazer um molho com 4 colheres de sopa de maionese, 1 + 1/2 colheres de sopa de Ketchup Heinz Hot, 1/2 colher de sopa de sumo de limão, 1 colher de café de molho inglês e uma colher de chá de whisky. Reservar no frio até usar.

Aquecer ligeiramente o pão de hamburguer, pousar sobre ele a carne, uma porção generosa de cebola, 1 colher de sopa de molho cocktail, alface e uma rodela de tomate, para finalizar tapar com o pão...

Fechar os olhos... trincar... e recuar quase 25 anos no tempo...





Vou voltar ao Parque Itália!!! Para ver a loja, porque o Frog já não existe...



Comentários

  1. Que post fantástico!!! Eu que nunca fui ao Frog quase que senti o cheiro desse maravilhoso hamburguer!!!!! No meu tempo (sim tb há 25 anos atrás, pouco menos) era como tu dizes!!! E eu hamburguers só quando ia com os pais dos meus amigos, à costa da caparica! Com salada de couve roxa (que na altura achava uma nojice e hoje adoro!!!) :) :)
    Beijinhos enormes!!!!

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha! Devem ser deliciosos, e é tão bom conseguir recriar os sabores que nos encantaram...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Devemos ter uma idade muito próxima, podia dizer que este texto foi escrito por mim pelos sentimentos e por tudo que la tens escrito, adorei, obrigado pelas boas recordações que me trouxe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fernando... 1972, uma das melhores colheitas!!!
      Titá

      Eliminar
  4. Que saudades do Frog do parque itália... lembro-me da primeira vez que provei um desses hamburguers e tinha aquele molho de cocktail...foi uma expulsão de sabores...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares